Tecnologia A Serviço.

 (Fonte da imagem: A Faster Internet)

A internet mundial ficou um pouco mais rápida na última terça-feira (30 de agosto), graças a uma iniciativa da iniciativa Global Internet Speedup. Tendo entre seus participantes o OpenDNS, Google e diversas redes de provedores de conteúdo, o movimento mudou a forma como os servidores DNS entregam informações aos computadores conectados à rede mundial de computadores.

A partir da mudança, ao fazer um pedido DNS, o usuário envia os primeiros três octetos de seu endereço IP ao servidor. Tais números contêm informações detalhadas sobre a localização de cada pessoa, o que permite determinar o banco de dados localizados nas distâncias mais próximas.

As informações desejadas são entregues a partir de um cache localizado no servidor mais próximo ao usuário, aumentando a velocidade tanto da navegação quanto dos downloads realizados. Como os dados têm de percorrer um caminho menor, a conexão ganha tanto em agilidade quanto em estabilidade.

Internet mais ágil

O aumento de velocidade deve ser sentido principalmente em grandes serviços como o Google, que possuem servidores com dados armazenados em cache em diversos cantos do mundo. A solução não só reduz o desgaste das conexões internacionais, como permite um melhor aproveitamento de redes nacionais.

Em resumo, ao baixar um arquivo, um usuário brasileiro vai acessar caches localizados dentro do próprio país, em vez de transferi-los a partir de um servidor na Ásia, por exemplo. Apesar de continuar dependendo do número de pessoas conectadas, a velocidade de download em geral deve apresentar uma melhora significativa.

Não é para todos

O lado negativo da história é que, atualmente, a mudança na velocidade está restrita somente aos usuários dos servidores de DNS pertencentes ao Google ou à OpenDNS e aos sites ddesenvolvidos pelos membros participantes da Global Internet Speedup: Google, EdgeCast, CDNetworks, Comodo e CloudFlare.

Não há previsão de quando o incremento de velocidade será incorporado em outros serviços. Porém, o apoio de nomes como a Google deve ser decisivo para que mais empresas se juntem à iniciativa e ajudem a melhorar a qualidade da internet mundial.


Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/internet-e-rede/12907-global-internet-speedup-aumenta-a-velocidade-da-internet-mundial.htm#ixzz1WcNbkFPn

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: